Harmonização é uma palavra que caiu na boca dos brasileiros. Hoje tentando harmonizar a bebida com a comida, a decoração com o ambiente e, é claro, o sorriso com a face.  Se pararmos para pensar, estamos o tempo todo tentando harmonizar alguma coisa. A palavra harmonia nos transmite várias sensações, como bem-estar, equilíbrio, autoestima, segurança, beleza e leveza.

Muita coisa mudou na odontologia e, como sabemos, mudou pra muito melhor. Deixamos de apenas curar as dores físicas e estamos curando as dores mentais para atender aos anseios de uma população que se torna cada dia mais exigente e bem informada. Quando digo dores mentais, me refiro ao que promovemos em relação aos benefícios estéticos e funcionais, capazes de alterar a qualidade de vida, devolvendo a autoestima. Ou seja, a harmonização orofacial é o equilíbrio entre a parte funcional e estética do conjunto face.

A odontologia estética, ou seja, a harmonização orofacial é uma área ainda recente, que tem ganhado espaço após percebermos a necessidade e a insatisfação depois das mudanças de sorriso. Às vezes terminávamos uma reabilitação oral, mas aquele sorriso alegre não combinava com aquela face "caída" e com lábios murchos, que mesmo após serem "sustentados" por dentes, ainda continuavam apagados. Quantas vezes deixamos de atender as expectativas dos nossos pacientes por não haver a possibilidade de projetar mais os dentes? Sim, os lábios são a cortina do sorriso. 

O cirurgião-dentista tem o senso crítico muito aguçado. Não é de hoje que estudamos as proporções faciais que antes só poderiam ser resolvidas com procedimentos cirúrgicos e, na maioria, procedimentos irreversíveis. É, nós também nos preocupamos com reversibilidade. Isso justifica o fato de atuarmos com as toxinas botulínicas (Botox), preenchimento facial e a bichectomia. Combinar sorriso e face, a favor da harmonia desejada, tem deixado os nossos pacientes bem satisfeitos.

Na verdade, nós trabalhamos para elevar a autoestima, entendendo que não basta ter um sorriso funcional quando se pode ter um sorriso harmônico que convida para o bem-estar e qualidade de vida. Harmonia facial, dental e autoestima são consideradas percepções subjetivas, já que cada um de nós tem um senso estético e crítico muito diferente para qualificar padrões, quer sejam eles funcionais ou estéticos. O importante é você se sentir bem, se sentir harmônico! 

*Karyne Magalhães é cirurgiã-dentista, habilitada em Laserterapia e qualificada no tratamento da Halitose, vice-presidente da Associação Brasileira de Halitose (Abha), membro da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-GO) e membro da Sociedade Brasileira de toxina botulínica e implantes faciais (SBTI).Acesse saudesalivar.com.br e botoxgoiania.com.br.

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores.