Se você é uma pessoa tranquila, que faz suas refeições com calma, é bem provável que esteja dentro do peso ideal. Isso porque quando damos atenção ao que vamos comer e como vamos comer, os alimentos passam a ser melhor mastigados e digeridos, além de todos os nutrientes que nós ingerimos serem melhor absorvidos.

Nessa vida moderna, cheia de atribulações, muitas vezes pulamos refeições ou, até mesmo, optamos por refeições mais rápidas e fáceis de engolir. Isso é extremamente prejudicial ao funcionamento das glândulas salivares, que são as responsáveis pela produção salivar. Sendo a saliva a primeira responsável pela digestão, fica claro que o processo digestivo começa na boca.

Quanto mais mastigamos, mais saliva produzimos e mais exercitamos os músculos da mastigação. Quem mastiga pouco, normalmente come mais. Como consequências da quantidade alimentar ingerida estão o aumento de peso e os problemas de saúde correspondentes a essa má alimentação. Se colocarmos como rotina seis refeições diárias, comendo frutas, verduras, legumes e castanhas, mastigando atentamente, com certeza vamos nos sentir mais saciados e vamos comer porções menores a cada refeição.

O que prejudica muito a produção salivar são os alimentos encontrados em fast foods, porque normalmente eles são muito macios, fáceis de serem deglutidos, ricos em gorduras e sódio, e praticamente sem fibras. Saiba também que a saliva é composta por 99% de água. Tente ingerir pelo menos 2 litros e meio de água. "Beberique" água ao longo do dia, mas evite beber junto às refeições. Disfunções salivares podem causar halitose (mau hálito).

Lembre-se ainda que é necessário mastigar dos dois lados. Se mastigamos só de um lado, vamos sobrecarregar aquele local. As glândulas salivares do lado que não está em função, as estruturas ósseas e musculares estarão comprometidas. Você já viu aquelas pessoas que a face de um lado é bem maior que a do outro, ficando desproporcionais em largura e volume? Esse é o resultado da mastigação unilateral. O que leva a pessoa a mastigar apenas de um lado, normalmente, é a falta de algum dente, desconforto ao ocluir (tocar os dentes), próteses que machucam ou, até mesmo, alguma ferida que possa existir na bochecha daquele lado. Mastigação unilateral pode causar dores na ATM (articulação, próxima ao ouvido).

Outro problema é a ingestão de alimentos "pobres", que levam ao sobrepeso, doenças gástricas, hepáticas e até psicológicas, como baixa autoestima, desânimo aparente e depressão. Preste atenção não só no que sai da sua boca, mas principalmente ao que entra por ela.

A boca é a porta de entrada da nossa saúde!

*Karyne Magalhães é cirurgiã-dentista, habilitada em Laserterapia e qualificada no tratamento da Halitose, vice-presidente da Associação Brasileira de Halitose (Abha) e membro da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-GO)