O sal e o açúcar, presentes em grande quantidade na maioria das comidas, são considerados os maiores vilões de pessoas adeptas à alimentação a saudável e balanceada. Está certo que eles podem trazer sabor. No entanto, quando consumidos de maneira incorreta, tanto o sal como o açúcar podem impactar negativamente a saúde. “Isso porque o consumo excessivo de sódio, presente no sal de cozinha, causa graves problemas, como hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, doenças renais, e outros”, explica a nutricionista Thaise Costa. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o consumo diário de sódio não ultrapasse 2.400 mg, o que representa 6 gramas de sal, porém grande parte da população brasileira ingere o dobro por dia (12 gramas). Já o açúcar (sacarose) é um carboidrato que, apesar de oferecer benefícios ao organismo com a produção de serotonina (sensação de bem-estar) e a regulação do sono e humor, pode gerar problemas ao organismo e deve ser consumido com cautela. 

“O consumo recomendado pela OMS é de 25g de açúcar, porém os brasileiros tendem a consumir 80g por dia, mais que o triplo sugerido. A obesidade, problemas cardiovasculares, hipertensão e diabetes são doenças recorrentes do consumo exagerado do açúcar”, conta a profissional da Tia Sônia.

Com isso em mente, a especialista indica alternativas diferentes para substituir esses vilões. Confira.

Para substituir o sal

Sal rosa do Himalaia: originário das superfícies rochosas do Himalaia, esse sal possui na composição diversos minerais, como magnésio, cálcio e potássio, importantes para o bom funcionamento do organismo.

Tempero de cúrcuma: utilizada há mais de 4 mil anos, a cúrcuma é uma planta da mesma família do gengibre, que possui ações anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e digestiva. Esse tempero combina com qualquer tipo de prato salgado.

Sal marinho: O sal marinho é resultado da evaporação da água do mar. Como não passa pelo processo de refinamento do sal de cozinha comum, possui mais minerais importantes para o organismo, como o iodo, que combate doenças no organismo como problemas relacionados a tireoide.

Para substituir o açúcar

Açúcar demerara: obtido a partir da cana-de-açúcar, através de um processo especial, onde passa por um leve refinamento, não utiliza aditivos químicos para branqueamento, preservando os nutrientes. É um tipo de açúcar cristal mais escuro e ligeiramente mais úmido do que o açúcar comum. Tem fácil diluição e não altera o sabor das preparações.

Açúcar mascavo: é o açúcar bruto obtido a partir da cana-de-açúcar e não sofre processo de refinamento. Também não possui aditivos químicos em sua composição de coloração. Pode variar entre o dourado e marrom escuro e possui um sabor marcante, que lembra caldo de cana. Essas características podem alterar ligeiramente o sabor e a cor das preparações.

Açúcar de coco: possui baixo índice glicêmico comparado com o açúcar comum, sendo uma alternativa mais saudável. Contém elevada quantidade de potássio, magnésio, zinco e ferro e também de vitaminas B1, B2, B3 e B6.