Já há algum tempo as sobrancelhas se tornaram protagonistas quando os assuntos são beleza e visagismo. Elas ressaltam o olhar e a expressão, além de harmonizar o rosto. Curtas, largas, grossas ou finas, os formatos e estilos são os mais variados. Mas a insatisfação com o design delas e a presença de falhas faz com que muitas mulheres busquem técnicas para um novo visual que se adapte ao rosto.

O design russo é uma dessas opções. A aplicação de henna, principal produto utilizado no processo, é capaz de redesenhar e definir as sobrancelhas, com efeito natural. Em visita ao Brasil durante a Beauty Fair, maior feira de beleza das Américas, a especialista russa e chefe do estúdio Clube de Sobrancelha AMI, Anna Marchenko, apresentou o processo.  

Confira: 

1) Limpeza: antes de tudo, o profissional deve remover todas as impurezas da pele e eliminar as imperfeições. O ideal é utilizar produtos com textura pouco oleosa e sem álcool, para não interferir no resultado da henna e não ressacar a pele. Neste momento, a higiene das mãos e dos instrumentos também são fundamentais; 

2) Diferenças entre as sobrancelhas: é extremamente importante diferenciar cada sobrancelha no ponto de vista de altura, pelos e coloração;  

3) Linhas para determinar o formato: para demarcar, o ideal é utilizar um lápis de maquiagem. Assim, é possível determinar os pontos centrais do rosto, altura e espessura das sobrancelhas, fazendo com o que o resultado seja mais natural;  

4) Aplicação em etapas: a aplicação deve ser feita em duas etapas. Primeiro, deve ser feito o desenho e preencher todos os pelos. Depois da secagem e retirada da primeira aplicação, deve ser realizado os retoques onde o produto não fez efeito;  

5) Pincéis diferentes: os pincéis de henna e tinta devem ser utilizados separadamente, já que a henna é um pigmento mais natural e ela “tinge” o pincel. Uma dica é optar pelos pincéis sintéticos para a aplicação e ser cauteloso ao diluir a henna: não se deve usar o pincel e, sim, um misturador ou palito para que ela se torne uma mistura homogênea; 

6) Coloração: a dica é se atentar à raiz do cabelo da cliente para acertar no tom da sobrancelha. “O tom será dado pela diluição da henna: quanto mais claro, mais diluída a henna. É preferível trabalhar com ela mais diluída, assim fica mais fácil corrigir, se preciso; 

7) Retirada: após completar toda a sobrancelha, a henna deve ser retirada com demaquilante, com movimentos suaves, assim como as possíveis "bolinhas" que ficam na pele. O processo deve ser iniciado do início da sobrancelha e, caso seja necessário realizar a correção de alguma parte, a hora é essa. Ao final, a cliente deve manter a sobrancelha fora do contato com água por 24 horas para a henna fixar por completo;  

8) Tempo: cada pele possui um tempo específico de fixação e, por isso, é essencial marcar o tempo de secagem usando um cronômetro, para que o profissional saiba como trabalhar em cada cliente;