Muitas pessoas têm dúvidas na hora de lavar os cabelos. A principal delas é a frequência. De acordo com a tricologista Viviane Coutinho, a lavagem diária pode ser necessária de acordo com a oleosidade dos fios e do couro cabeludo.

"O mais indicado seria dias alternados, fugindo dessa regra de diferenciar cabelos muito oleosos ou muito secos", pondera a especialista, que diz que a lavagem não deve ser feita com água muito quente:

"Banhos muito quentes estimulam ainda mais as glândulas sebáceas, ou seja, aumentam a oleosidade e ainda facilita a descamação e as fibras também podem ressecar, perder brilho e viço".

Outro erro comum que muita gente comete é não lavar corretamente, passando o shampoo apenas nos fios.                 

"É preciso direcionar o couro cabeludo, respeitar o tempo de pausa para que ocorra a entrega das propriedades propostas e massagear sempre de forma suave sem o uso das unhas", pontua a profissional.                             

Viviane também falou sobre o uso de pré-shampoo, que como o próprio nome diz, é um produto que deve ser utilizado antes da aplicação do shampoo:

"Pré-shampoo é um facilitador para aqueles cabelos que se encontram muito oleosos. Esses produtos auxiliam na remoção da sujidade e oleosidade", explica a tricologista, que também fala sobre o uso do condicionador: "o uso depende da fibra capilar. Caso seja um cabelo maior necessita, sim, aquele direcionado para cada tipo de cabelo".                      

Já na hora de secar, a especialista em saúde e beleza capilar diz que a melhor forma é a secagem natural.  "Por mais que se use produtos termoativados, regule a temperatura do secador a forma natural é sempre melhor e mais saudável", pontua.

Por fim, para uma lavagem perfeita, é recomendável "escolher cosméticos que respeitem suas necessidades. Respeitar o tempo de pausa para entrega das propriedades, retirada de todo o produto e ter essa frequência de higienização também são super importantes", ressalta a especialista.

Viviane Couto