Com o objetivo de ajudar financeiramente a 'Associação para Cuidado do Câncer no Entorno de Goiânia (ACCEG)', criada com objetivo de construir e manter uma nova unidade hospitalar de referência no tratamento de câncer em Goiás, o Hospital de Câncer de Goiás (HCG), a marca goiana de cosméticos, Piatan Natural, vai reverter o lucro da venda dos desodorantes sem alumínio durante o mês de outubro. O período foi escolhido em alusão ao outubro rosa, que promove a prevenção e cuidados em relação ao câncer de mama.

O HCG vai realizar atendimentos gratuitos de prevenção e tratamento da doença. A primeira etapa do hospital – ambulatórios e laboratórios - já está pronta, aguardando apenas a retração da pandemia da Covid-19 para começar a funcionar.

“Nossa proposta é oferecer 600 leitos de internação, todos os exames de imagem disponíveis, além de estrutura de quimioterapia e radioterapia. A unidade será mantida por doações e todos os tratamentos serão 100% gratuitos à população”, explica uma das idealizadoras do projeto, Dra. Ana Maria Miranda. 

Seguindo seu propósito de promover a saúde das pessoas, o desodorante da Piatan Natural não contém alumínio, evitando que o organismo absorva esse metal. 

“Há vários estudos em andamento no Canadá, França e Alemanha que indicam que a presença do alumínio nos desodorantes pode estar relacionada aos casos de câncer de mama. A maioria dos casos desse tipo de câncer ocorre exatamente próximo da axila, no quadrante superior externo”, comenta o fundador da Piatan, Igor Sebba.

Assim como os demais produtos da marca, o desodorante também é produzido com ingredientes naturais, incluindo manteigas, óleos e extratos vegetais; não contêm substâncias químicas como silicone, parabenos, sulfatos e petrolato, e não são testados em animais. Além disso, as embalagens são de plástico verde, produzido a partir da cana-de-açúcar, renovável e 100% reciclável.