Apesar de muitas pessoas não abrirem mão da maquiagem, o uso incorreto dela pode tornar ineficaz a máscara de proteção facial contra o novo coronavírus. Mesmo sem evidência científica que comprove a interferência, profissionais de saúde aconselham evitar a make em função da sujeira que se acumula na máscara como resíduos de base e batom. Além disso, o uso pode diminuir o tempo útil de proteção e a efetividade das máscaras, uma vez que os produtos aderem ao material.

As bases devem ser evitadas, assim como blush e batom, principalmente aqueles mais úmidos, como o gloss. Já com relação aos produtos de cuidados com a pele, o ideal é escolher aqueles formulados em veículos mais leves, como séruns e géis. Além disso, espere o produto ser absorvido completamente pela pele antes de colocar a máscara, que deve ser o novo normal daqui para frente.