A famosa “papada” geralmente aparece após os 35 anos de idade, quando a pele começa a ficar flácida por conta do envelhecimento natural, mas esse problema pode surgir em qualquer idade e gênero. Em pacientes jovens, ela é provocada pelo acúmulo de gordura na região, enquanto nos pacientes mais velhos suas causas são o envelhecimento da parte inferior da face e a flacidez da pele, quando a musculatura acaba cedendo à gravidade.

O tipo de tratamento depende de uma avaliação médica individual, levando em consideração as necessidades da pessoa e a decisão final do médico. Veja opções:
 
Minilipoaspiração

A retirada da gordura vai depender do grau de flacidez. Para pessoas mais jovens que têm o aumento da camada gordurosa, o tecido subcutâneo, o procedimento recomendado é a minilipoaspiração. A anestesia é local e o procedimento não é invasivo. A recuperação é rápida, entre cinco e sete dias.
 
Minilifting

Para pacientes com mais idade e flacidez da musculatura e da pele, o problema é corrigido por meio do minilifting. Ele envolve todo o levantamento da papada, permitindo que a musculatura facial fique mais travada. Após a cirurgia, existe uma restrição parcial na mastigação. A recuperação dura em média 15 dias e o recomendado é que o paciente evite ficar movimentando muito pescoço e cabeça e não pratique atividades físicas durante esse período.

Injeções antigordura

Elas são produzidas com enzimas capazes de estimular o metabolismo e a quebra de gordura. A mais famosa é a comercialmente conhecida como Kybella, com ácido desoxicólico. São necessárias de quatro a seis sessões num intervalo entre sete e 15 dias, mas a promessa é de resultados logo na primeira sessão. A região fica temporariamente inchada e dolorida. Cada sessão custa entre R$300 e R$600, variando entre os estados.