A aplicação da toxina botulínica é um dos procedimentos mais procurados pelos brasileiros. Na estética, ela é indicada para amenizar rugas de expressão, como na testa e dos olhos, por exemplo. Muitas vezes essa substância também é aplicada com o ácido hialurônico, que é usado para preencher rugas estáticas, como do sulco nasogeniano e periocular.

Segundo o dermatologista Gustavo Limongi, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, em geral, a toxina costuma durar entre quatro e sei meses. “Mas pode ter uma duração maior com alguns cuidados”, diz. O médico explica ainda que não existe idade exata para iniciar o tratamento e, sim, uma boa e precisa indicação. 

Mas antes de decidir pelo procedimento, veja algumas informações importantes sobre a toxina:

1 - Não faça atividades físicas nos três dias após a aplicação, principalmente musculação. Quem pega muito peso contrai a musculatura facial, prejudicando os resultados.

2 - A durabilidade da toxina varia de acordo com cada paciente e áreas tratadas. O efeito pode durar menos em pessoas que praticam atividades físicas mais intensas.
 
3 - Não existe uma idade mínima para o tratamento. O importante é evitar exageros e lembrar que todo procedimento estético deve ser feito por um médico especializado. 

4 - Há algumas marcas de toxina no mercado e elas diferem entre si. O profissional capacitado irá escolher a mais indicada para cada caso. 

5 - Existe hoje um produto que ajuda a prolongar os resultados da toxina. É um blend de peptídeos que potencializa os ativos do botox.