Utilizado na correção de contornos faciais durante harmonização, o Radiesse vem ganhando mais espaço nas clínicas de estéticas em cuidados que vão além do rosto. O bioestimulador de colágeno também pode ser utilizado para diminuir a flacidez facial, do pescoço, colo, região interna dos braços e glúteos. Isso porque, além de preencher o local aplicado na pele, ele estimula também a produção de colágeno, e, mesmo depois de absorvido, promove crescimento de novos tecidos ao redor da área aplicada.

A dermaticista Karine Gouveia, de Goiânia, explica que no queixo, pode-se melhorar o aspecto retraído além de reduzir as chamadas linhas de marionetes. No ângulo da mandíbula, o objetivo geralmente inclui deixar mais marcada e definida. “O Radiesse deixa os contornos mais simétricos. O efeito dura em torno de 18 a 24 meses e pode ter variação de acordo com cada organismo. O resultado final é visto a partir da terceira semana”, completa.

O procedimento é realizado em consultório, com uso de anestésico na área a ser tratada. A duração aproximada é de 30 a 40 minutos e não há necessidade de repouso. É possível retornar às atividades logo após a aplicação. Apesar disso, algumas recomendações precisam ser seguidas como: evitar esforços ou prática de atividades físicas e exposição ao sol nas primeiras 24 horas.