O Rise Up! Experience, evento de empreendedorismo que acontece em Goiânia neste sábado (8), promete levar os participantes a uma imersão num ambiente totalmente tecnológico. Da compra de ingressos, passando pelo credenciamento até uso de jogos eletrônicos, tudo será feito de forma digital ou eletrônica. O evento é realizado a partir das 8h30, no Oliveira’s Place, Setor Bueno.

Moeda digital, painéis de led, hologramas em 3D, apps, gamificação, QR codes, interação digital com palestrantes serão algumas das experiências propostas pelo Rise Up! Experience. E o objetivo de ser um evento altamente tecnológico já começa pela compra de ingressos para o evento, que está sendo feita de forma totalmente digital e por meio da moeda X$, utilizada pela plataforma de permutas multilaterais XporY.com, empresa responsável pela vinda do evento para a capital.

Mas esmo quem não é cadastrado na plataforma pode participar. O interessado recebe o ingresso sem gastar dinheiro em espécie e em contrapartida oferece algum serviço ou um produto na XporY.com pelo mesmo valor da entrada ou mais. Caso a oferta não seja negociada em X$ nos próximos três meses, o valor referente ao ingresso deverá ser pago em reais. 

O idealizador do Rise Up! Experience, Marcelo Crivella Filho, mestre em inovação, criatividade e empreendedorismo, pela Oxford Brookes University, destaca que todo o evento foi pensado de forma a oferecer uma experiência tecnológica imersiva aos participantes. “Toda a interação será realizada por meio do aplicativo da plataforma, desde a inscrição e credenciamento, ao consumo interno e interação, que irá gerar prêmios aos participantes”, adianta.

Até mesmo o consumo de alimentos na praça de alimentação, que será montada durante o evento, também será realizado por meio de aplicativo, que gera e lê QR codes, facilitando assim as transações. Rafael Barbosa explica que “ao se inscrever no evento e adquirir o ingresso por meio da moeda digital X$, o participante receberá de volta 100X$ que poderão ser utilizados para consumo na área de alimentação”.

Gameficação

Outra iniciativa interessante que vai movimentar os participantes será a gameficação.  Marcelo Crivella Filho explica que com o objetivo de promover a interação entre os participantes foram criados jogos que serão lançados durante o intervalo das palestras. “Cada participante vai receber dados numéricos a fim de completar uma combinação. Para conseguir, os participantes deverão interagir entre si e o grupo que conseguir finalizar à frente, conquistará uma premiação”, exemplifica.  

A interação com os palestrantes também contará com o suporte tecnológico para oferecer uma experiência inovadora. Os palestrantes também farão perguntas ao público, que deverá registrar sua resposta por meio de um aplicativo. Dentro de um minuto as respostas aparecerão no painel já formatadas.

A tecnologia também estará presente no palco composto por painéis de led onde serão expostas imagens em hologramas, levando uma verdadeira experiência 3D. Crivella filho explica que com os movimentos criados por computação gráfica será possível ter a impressão de que o palco está em movimento.