Durante todo o mês de agosto é realizada a campanha Agosto Dourado, que intensifica ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Desde 1992, 120 países se reúnem na primeira semana de agosto para reforçar o assunto, e para este ano, o tema escolhido foi: Apoiar a amamentação para um planeta mais saudável.

Para expandir o conhecimento e conscientização geral sobre o Agosto Dourado, que intensifica ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, a Unimed Goiânia realizou no dia 18 de agosto, uma live no canal da Cooperativa no YouTube (https://youtu.be/oLsQpo6N0zQ) com a coordenadora do Comitê de Aleitamento Materno da Sociedade Goiana de Pediatria, Simone Silva Ramos (CRM GO 5439 / RQE 674) e com a nutricionista especialista em Saúde da Família, Maria Luísa Pires Vieira (CRN GO 7967). Confira os principais questionamentos:

 

Posso amamentar mesmo com Covid-19?

Sim. A amamentação é recomendada mesmo quando a mãe testa positivo para Covid-19, pois não há evidências de transmissão intra uterina ou por aleitamento. Isso porque o ato contribui com o fortalecimento do sistema imunológico do bebê, diminuindo as chances de mortalidade após o parto.

 

O bebê pode pegar o coronavírus da mãe?

Pode, por isso a mãe que testa positivo e amamenta precisa tomar alguns cuidados, como higienizar as mãos com água e sabão ou álcool 70% e utilizar a máscara e limpar e desinfetar os utensílios em que tocar. A máscara deve ser trocada em caso de espirros e tosse e a cada mamada. Caso a mãe trabalhe fora, é preciso ter a rotina de ao chegar em casa, tomar banho e escovar os dentes antes de pegar o bebê.

 

E se eu preferir ordenhar?

O seio é sempre mais aconselhável, mas caso a mãe não se sinta segura, é possível fazer a ordenha, mas antes é preciso lavar as mãos, higienizar os objetos e usar a máscara. É importante que o leite seja oferecido em um copinho para que o bebê não rejeite o seio materno posteriormente.

 

Como armazenar o leite ordenhado?

Primeiramente lave o frasco, de vidro incolor e tampa de plástico, com água e sabão e depois ferva por 15 minutos, contando o tempo a partir do início da fervura. Escorra o vidro e a tampa sobre um pano limpo até eles secarem e guarde o recipiente com a tampa. Quando for utilizá-lo, guarde no freezer com o seu nome, a data e a hora da coleta.

 

Qual a importância do leite materno?

Ao amamentar, a mãe aumenta o vínculo com o bebê, diminui as chances da criança ter infecções respiratórias, diarréias , leucemias e aumento de até 3.8 pontos no QI (em crianças que amamentaram até os dois anos). Isso sem falar que quando ocorrem doenças, os bebês que foram amamentados respondem melhor ao tratamento. É importante destacar que não se pode amamentar o filho de outra mulher.