Estética e Cosmética é um ramo de atuação da área da saúde com multiprofissionais (médicos, tricologistas, enfermeiros, fisioterapeutas, esteticistas, nutricionistas, entre outros) que continua em crescimento, e seu sucesso faz com que o setor seja praticamente inabalável. Os atuais avanços nas químicas dos cosméticos estão transformando os profissionais de ontem em Estilistas de Alta Tecnologia, que atuam na promoção da beleza, bem-estar e saúde dos clientes, podendo ter ganhos significativos.

Entre as áreas da beleza, a de maior destaque atualmente é a Tricologia. É a área da dermatologia (especialidade médica) que estuda os fios do cabelo, o couro cabeludo, os pelos e abrange o diagnóstico de tratamento dos distúrbios que afetam essas estruturas, como por exemplo queda (calvície), quebra dos fios, pontas duplas, inflamações, infecções e doenças do couro cabeludo. O Terapeuta Capilar, surge com o intuito de identificar, tratar, amenizar e prevenir displasias capilares, criando uma relação humanizada e confiável com o cliente/paciente, trazendo uma realidade de técnicas e produtos que são elaborados e criados com o intuito de garantir a saúde dos fios.

Tendo um campo ampliado de atuação, o profissional da Estética é capacitado para atuar em tratamentos capilares, faciais, corporais, auxiliando nos tratamentos das vítimas de queimaduras e câncer de mamas, utilizando técnicas de maquiagem e micropigmentação para reparação de cicatrizes e aréola de seios. Enfermeiros, quando da necessidade de drenagem linfática; e dermatologistas nas terapias capilares, podem exercer suas funções ainda em spas, academias, centros de estética, resorts, estúdios e empresas, colaborando com o bem estar dos trabalhadores.

O mercado da Beleza quase não experimenta oscilações negativas, e também não foi impactado, pelo menos não tanto quanto os demais segmentos; mesmo diante do distanciamento social, as pessoas ficam em casa, mas continuam utilizando cosméticos e tratamentos de beleza: quando a pessoa está triste; quer ficar bela; se está feliz, quer realçar sua beleza.

Os negócios promissores para 2021 estão ligados a setores como tecnologia, delivery e vida saudável. O setor de beleza sempre passa por diversas transformações, lançando novidades e ampliando as oportunidades para quem trabalha com empreendimentos desse ramo. Algumas tendências para esse setor são: serviço de beleza em domicílio, lojas online de produtos de cuidados pessoais, e cosmetologia natural e sustentável.

O setor de HPPC (Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) apresentou alta de 5,8% em faturamento, no acumulado de 2020, quando comparado com o mesmo período em 2019.  Produtos cosméticos voltados aos cuidados com os cabelos, como xampus, condicionadores e produtos para tratamento capilar, apresentaram crescimentos de 8,2%, 20,6% e 10%, respectivamente.

Além das terapias e técnicas de embelezamento, a Estética e a Cosmética caminham de mãos dadas, com o bem-estar e a saúde mental das pessoas, propiciando qualidade de vida, contando com profissionais capacitados (Lei n°13.643/2018), sendo fundamental para a regulamentação do esteticista/cosmetólogo.

Por Adriana Passos Martins Alves
Graduada em Gestão das Organizações de Beleza e em Estética e Cosmética
Especialista em Docência do Ensino Superior e em Cosmetologia.  
Professora do curso de Estética e Cosmética da UniAraguaia