Já parou para pensar qual é o papel da contabilidade na empresa? A contabilidade é necessária para controle das empresas, desde sua concepção, com a elaboração do plano de negócios; no registro em órgãos competentes; serviços de consultorias contábil, tributária, departamento pessoal, e se torna fundamental quando a empresa está em condição de insolvência com pedido do benefício da Recuperação Judicial.

No campo da Recuperação Judicial, constata-se cenários de dificuldades econômicas e financeiras para as empresas, devido a incertezas econômicas, políticas, ambientais e sanitárias.

Nesse contexto, no Brasil, em 2005, foi sancionada a Lei de Falência e Recuperação de Empresas nº. 11.101/2005 e alterações feitas pela lei 14.112/2020, cuja finalidade é estabelecer condições de reestruturação da atividade econômica e financeira e elaboração do Plano de Recuperação Judicial com redimensionamento das dívidas e alavancagem do negócio.

Nesse sentido, a atuação do contador é prevista na legislação empresarial e pode ser em diferentes papéis. O contador da recuperanda é peça fundamental para que a empresa tenha o benefício da Recuperação Judicial, pois elabora as demonstrações contábeis que suportam o pedido.

De outra forma, ele poderá exerce diversas funções, a exemplo de administrador judicial, atividades de apoio que realiza a análise do Plano de Recuperação Judicial, emissão de laudo de viabilidade e de avaliação de bens; análises e emissão de pareceres dos relatórios mensais; laudo pericial de constatação prévia; perícias e auditorias específicas.

Todavia, embora exista esta reserva de mercado, verifica-se que poucos profissionais contábeis atuam nesta área. Por isso é necessário que as entidades de classe dos contadores e as instituições de ensino deem ênfase sobre o tema, incentivando-os a se qualificarem acerca dos conhecimentos de direito empresarial, auditoria contábil e perícia contábil, para que tenham mais protagonismo.

Portanto, o mercado de trabalho contábil no âmbito da Recuperação Judicial é um nicho promissor a ser explorado e que conta com poucos profissionais especialistas para apropriação desta área.

Claudio Ferreira da Silva é contador, especialista em Análise e Auditoria Contábil, consultor contábil em Recuperação de Empresas e professor no curso de Ciências Contábeis da UniAraguaia