A Prefeitura de Senador Canedo, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, atende mais de 200 crianças e adolescentes, com até 17 anos, pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Os integrantes são assistidos em unidades próximas de suas casas, pelos Centros de Referência e Assistência Social, em um segundo turno – enquanto estão fora da sala de aula, de duas a três vezes na semana, em programações diversas, que vão desde passeios e gincanas a oficinas.

Senador Canedo

De acordo com a Secretaria de Assistência Social de Senador Canedo, as programações são diferentes da rotina da maior parte das crianças e adolescentes que participam do projeto e têm como finalidade desenvolver a interação social, com ações educativas, culturais e de lazer.

“Temos oficinas sobre consciência ambiental, passeio no cinema, palestras sobre violência e atividades que são desenvolvidas para garantir que o participante tenha um leque de informações positivas e inclusivas, para trazer referências que serão importantes para seu crescimento”, enfatiza Lucivane Dionizio, secretária de assistência social.

Ação parceira no desenvolvimento humano

Senador Canedo

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias, realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI).

Trata-se da implantação de um programa do Governo Federal, executado pela administração municipal, com o objetivo de promover atividades artísticas, culturais, de lazer, esportivas, dentre outras, de acordo com a idade dos participantes, como oportunidade de orientação e estímulo na construção ou reconstrução de suas histórias e vivências individuais, coletivas e familiares.

De acordo com a primeira-dama de Senador Canedo, Laudeni Lemes, as atividades são planejadas para abranger e trabalhar, de forma responsável e agradável, uma das faixas atendidas pelo programa com passeios, viagens, oficinas de música, dança e esportes, que são organizados de maneira dinâmica.

“Muita das ações, como dia de parque, cinema, passeio no museu, comemoração de aniversariantes do mês, entre outros, só é possível pelo cuidado e empenho de demais parceiros, como o Ministério Público, empresários e cidadãos que acreditam na importância do cuidado com estes menores”, explica Laudeni, que é também idealizadora de programações como o Dia no Museu e Visita ao Memorial do Cerrado e demais atividades.