Com uma programação diversa de atividades sobre educação para o trânsito, a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, por meio da Superintendência Municipal de Trânsito, junto ao Detran - GO, iniciou a Semana Nacional de Trânsito. A iniciativa tem o objetivo de conscientizar motoristas, ciclistas e pedestres com ações que transformem o trânsito em um ambiente seguro.

Veja aqui outras informações sobre Senador Canedo

Prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a iniciativa realiza diversas ações integradas, com blitz educativas, simpósios e palestras. Com o tema “No trânsito, dê sentido à vida”, a Semana Nacional de Trânsito segue as diretrizes da Organização das Nações Unidas (ONU) para redução de 50% dos índices de mortalidade no trânsito.

A ideia é envolver diretamente a sociedade nas ações e propor uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de estimular todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

Durante toda a semana, as blitzs educativas estarão em vários pontos da cidade, entregando informativos e explicando à população atitudes que podem transformar o trânsito, evitar acidentes, salvar vidas e fazer com que o trânsito seja agradável e fluido. 

O Brasil é o 4º país no mundo com mais registro de mortes no trânsito. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1,35 milhão de pessoas morrem todos os anos no Brasil vítimas de acidentes nas rodovias, o que reforça a importância das ações educativas, que informam os riscos e ensinam as atitudes corretas que garantem um trafego mais seguro. As ações são ligadas sempre na prevenção, reforçando a importância do cinto de segurança, capacete, cadeirinha, setas e faróis, itens básicos para ter segurança no trânsito.

O agente de trânsito, Pedro Santos, explica a importância dessa campanha em todo o país. “Na rua, o respeito entre condutores, pedestres e ciclistas são essenciais para a diminuição desses índices, fazer o cidadão entender que a via é pública e deve ser dividida com todos é fundamental para diminuir as posturas negativas, expõe. 

Números de acidentes aumentaram

senador

Do início do ano, até os meados do mês de setembro, o Corpo de Bombeiros, registrou em Senador Canedo 420 ocorrências envolvendo acidente de trânsito. Sinistros envolvendo carro e moto são os mais comuns, seguido de queda de motos e atropelamentos. Número que aumenta principalmente nos finais de semana.

O quantitativo crescente no decorrer dos anos, também foi registrado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) – órgão que necessitou de mudanças para garantir condições de resgate. Foram feitos investimentos pela atual administração, e a cidade contou recentemente com a implantação do serviço avançado do SAMU, com equipe médica e ambulância com equipamentos especializados.

Anterior a isso, foram disponibilizadas motolâncias que chegam com mais rapidez as vítimas para os primeiros socorros. Em 2018, foram 2.026 ocorrências registradas pelo SAMU Senador Canedo, sendo maior parte acidente de trânsito, em 2017 foram 1.987, neste ano já soma 1.631 atendimentos.

Segurança para todos

O mais citado nessa campanha com certeza é o cinto de segurança, que mesmo sendo um item obrigatório, dados do Ministério da Saúde apontam que, 4 a cada 10 pessoas não utilizam o equipamento, mesmo reduzindo pela metade o risco de lesões fatais em motoristas e passageiros. “É importante colaborarmos para a educação.

Campanhas de conscientização como essa, contribuem para que tenhamos cidadãos que respeitam o trânsito, utilizam os equipamentos de segurança e que contribuirão para a diminuição do número de fatalidades em nosso município”, afirma. 

Outras iniciativas também são realizadas nas escolas de todo o município. O conceito é envolver a população em todas as idades. Durante as visitas às classes, os agentes ministram aulas sobre os utensílios de segurança e com a área temática de trânsito que simula uma cidade, ensinam os sinais de trânsito e travessia na faixa de pedestre. “É importante colaborarmos para a educação. Campanhas de conscientização como essa contribuem para que no futuro tenhamos cidadãos que respeitam o trânsito”, afirma.