Goiânia ganhou um hospital que promete ser referência em alta complexidade, diagnóstico e tratamentos de ponta: o Hospital Órion, com chancela do Hospital Israelita Albert Einstein, o primeira fora de São Paulo. Com área total de 27 mil metros quadrados, o hospital geral de alta complexidade impressiona não apenas pela estrutura física e o maior em número de leitos privados ofertados em Goiânia, mas também pela tecnologia utilizada na construção, equipamentos adquiridos e qualidade dos profissionais contratados.

A unidade possui 180 apartamentos automatizados, sendo 12 leitos para transplante de medula, 40 quartos de terapia intensiva, sendo quatro suítes de isolamento, Centro Cirúrgico com 9 salas inteligentes, 2 salas de hemodinâmica, laboratório com capacidade de processamento de 150 mil exames por mês e centro de diagnóstico de última geração.

“Um dos propósitos do Hospital Órion é contribuir para a troca de experiências e o desenvolvimento da assistência à saúde no Centro-Oeste, já que a unidade apresenta um modelo com um nível de serviço diferenciado, focado na segurança e no atendimento do paciente, gerido por indicadores de processos que podem ser estratégicos em outras instituições, já que grande parte dos profissionais possui duplo vínculo; ou seja, esse profissional vai compartilhar esse know-how em outras unidades de saúde”, explica o diretor do hospital, José Carlos Teixeira.

UTI

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Órion será composta por duas unidades, uma no 2º e outra no 3º andar, com 20 quartos cada. Todos são individuais e humanizados, com a possibilidade de o acompanhante ficar 24 horas junto ao paciente. Os quartos têm smart tv, ar condicionado e poltronas reclináveis e alguns possuem acesso à luz natural, o que auxilia o paciente em sua orientação e recuperação. A UTI conta, ainda, com jardim, sala da família e copa para acompanhantes.

Apartamentos automatizados

foto

Todos os apartamentos são individuais e inteligentes, com automação das persianas, ar condicionado, iluminação e smart tv. O paciente pode realizar chamadas de áudio e vídeo diretamente com o posto de enfermagem e hotelaria, por meio de um tablet. “A automação é uma funcionalidade que possibilita maior comodidade ao paciente, minimizando o risco de queda e outros riscos relacionados ao deslocamento sem acompanhamento adequado. A vídeo chamada propicia ainda o atendimento mais rápido e assertivo, uma vez que o paciente pode antecipar a sua necessidade por meio da tecnologia”, afirma José Carlos.

Centro Cirúrgico

ima

O Centro Cirúrgico possui nove salas inteligentes com equipamentos de alta tecnologia, como ventiladores e monitores integrados ao prontuário médico eletrônico. As salas possuem, ainda, teto filtrante que assegura um ambiente seguro e previne infecções. O Centro Cirúrgico do Órion atende em 100% aos processos de check list de cirurgia segura, protocolo recomendado pelo Ministério da Saúde e mundialmente pela Organização Mundial de Saúde.

A Central de Material e Esterilização conta com planta completa e inédita no Brasil, com equipamentos de última geração, todos importados da Steelco, fabricante italiana de dispositivos e aparelhos para limpeza, desinfecção e esterilização, além de software de rastreabilidade de todo arsenal de instrumentais cirúrgicos, que foram importados da Alemanha.

Integração

O Hospital Órion está localizado no Órion Business & Health Complex, na avenida Portugal, junto a uma estrutura multiuso com hotel e praça de alimentação, além de estacionamento próprio. “O paciente e seu acompanhante poderão usufruir da comodidade dos diversos serviços em um único local”, detalha José Carlos.