O atendimento humanizado e a atenção centrada no paciente, respeitando e valorizando suas necessidades e preferências, são os princípios que norteiam o trabalho realizado pelo CRD – Medicina Diagnóstica que, há dez anos, não mede esforços para oferecer ao seu paciente e seus familiares, uma experiência humana e holística, além da excelência em diagnóstico por imagem.

Para que estes valores sejam diariamente praticados e preservados, foi instituído o Núcleo de Experiência do Paciente do CRD que tem por objetivos principais traçar estratégias e ações de aprimoramento no atendimento ao paciente e acompanhantes, ouvir suas solicitações e garantir que suas necessidades individuais sejam valorizadas.

“A experiência do paciente permite que todos aqueles que passam pelo CRD definam o valor do cuidado prestado. Assim, nossa equipe foca naquilo que realmente importa em suas vidas, não olhando apenas para os problemas de saúde que estão ali para serem diagnosticados e tratados”, explica a gerente administrativa Gisele Alves Rodrigues Faria, presidente do NEP.

Gisele afirma que o Núcleo é composto por uma equipe multiprofissional, o que proporciona uma visão ainda mais humana para uma assistência integral e, ao mesmo tempo, especializada. “Estão na equipe representantes dos diversos setores da clínica, passando pela diretoria, administração, atendimento ao paciente, enfermagem, serviços de qualidade e mercado, dentre outros”, lista a gerente.

Dentre as atribuições do Núcleo estão a revisão dos canais de comunicação, ouvidoria, pesquisas de satisfação, cultura de oportunidade, painel de satisfação dos pacientes, identificação das oportunidades de melhoria de pessoas, processos e ambiente.

O QUE REALMENTE IMPORTA

Em agosto de 2020, foi realizada a pesquisa O que importa para Você, com o objetivo de entender o que agrega valor para os pacientes do CRD. Os principais valores apontados pelos pacientes foram comunicação clara, empatia, atenção e cuidado, segurança e qualidade na realização de exames.  “Avaliar a experiência do paciente, juntamente com outros componentes, como a eficácia e a segurança dos cuidados, é essencial para fornecer uma imagem completa da qualidade dos cuidados de saúde”, salienta Gisele.