A direção do Zenit, de São Petersburgo, negou nesta segunda-feira que sua torcida teve uma atitude racista contra o atacante brasileiro Malcom durante a partida contra o Krasnodar, no último sábado, pelo Campeonato Russo. O ex-corintiano foi contratado por 40 milhões de euros (R$ 172,8 milhões) junto ao Barcelona. Segundo comunicado do clube da Rússia, a faixa exp...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários