O goleiro Rafael Santos diz já estar acostumado com xingamentos e vaias de torcedores após términos de jogos em Goiânia. Depois da derrota, por 2 a 0, para o Brasil de Pelotas, o camisa 1 do Vila Nova foi o principal alvo da torcida na saída de campo. “Ser xingado é normal. Aqui no Vila, vivemos do céu ao inferno. Vou continuar trabalhando, buscando o meu melhor...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários