A manhã desta sexta-feira (2) foi de apresentação de reforço no Vila Nova para o restante da Série B do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Elivelton, de 27 anos, que já estava integrado ao elenco colorado desde o início da semana vestiu a camisa do Tigre diante da imprensa e concedeu entrevista coletiva.

Vindo por empréstimo do Boavista-RJ, que disputou a Série D, até o fim do ano, o defensor, de 1,81m, cria da base do Fluminense, é conhecido do técnico Marcelo Cabo. "Trabalhei com ele no ano passado no CSA-AL. Minha passagem foi boa. Infelizmente, tive uma lesão, perdi um pouco das partidas, mas, na parte final, pude contribuir e conseguir o acesso à Série A com bons jogos", relembrou Elivelton.

O namoro com o Vila Nova teve início ainda no começo da Segundona, mas não vingou à época pela falta de liberação da equipe do Rio de Janeiro. Como principais características, o zagueiro adiantou o que a torcida colorada verá em campo. "Podem esperar um Elivelton com muita raça. Não desisto das jogadas. Sou rápido e tenho uma boa impulsão. A torcida pode ficar ficar feliz pois vou dar a vida para ajudar o Vila", garantiu.

Afirmando sua prontidão e condição física atual, já que estava atuando até a semana passada, Elivelton afirmou que está preparado. Ele aguarda apenas a publicação de sua regularização no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para poder ficar à disposição do comandante colorado e tentar ajudar na busca pelo acesso.

"Apesar de estarmos numa situação meio complicada, o time, no último jogo (2 a 0 sobre o Brasil de Pelotas fora de casa) foi bem. A expectativa é grande. Vim para cá com esse intuito. Ano passado, fui para o CSA-AL e conseguimos o acesso que todo mundo dizia que era impossível. Hoje estou no Vila e espero ter o mesmo feito", falou o zagueiro. "Estou muito feliz. É mais uma oportunidade de disputar um Brasileiro. O time do Vila é de massa, torcida grande. Espero fazer um grande campeonato", concluiu Elivelton.