Um dia depois de parte de sua torcida no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, se manifestar com cantos homofóbicos na partida contra o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, a diretoria do Vasco divulgou uma nota oficial nesta segunda-feira para repudiar a atitude e pedir desculpas pelo ocorrido. O jogo chegou a ser interrompido pelo árbitro gaúcho Anderson Daronco. ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários