Caro Juca e colegas, não fiz nenhuma comparação do nível de qualidade entre mim e Rodriguinho, muito bom jogador para o atual futebol que se joga no Brasil. Escrevi apenas que Rodriguinho, por jogar com a cabeça alta, sem olhar para a bola, ter uma testa grande, um início de calvície e jogar no Cruzeiro, na mesma posição que eu, me…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários