Enquanto Laís Nunes enfrentará adversárias duras do outro lado do mundo, Geraldo José de Oliveira, de 53 anos, comerciante na cidade de Barro Alto, interior de Goiás, estará com o coração apertado torcendo por uma medalha da goiana. A torcida é especial porque trata-se do pai da lutadora brasileira.Para ele, não será fácil ver a filha lutando por uma medalha. “Coração ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários