O sonho de disputar uma edição do Campeonato Brasileiro de Caratê mudou a rotina de 25 pessoas em Goiânia. Liderados pelo maranhense Alan Santos da Silva, 24 atletas, entre 7 a 34 anos, estão arrecadando dinheiro em dois semáforos na capital para custear transporte, hospedagem e alimentação de todos para uma viagem a Brasília, onde pretendem disputar o torneio, que va...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários