A russa Maria Sharapova segue firme na defesa do seu título de Roland Garros. Nesta quinta-feira (6), a número 2 do mundo se classificou para a decisão do Grand Slam parisiense, disputado em quadras de saibro, ao derrotar a bielo-russa Victoria Azarenka, terceira colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 2/6 e 6/4, em 2 horas e 10 minutos, numa semifinal que chegou a ser paralisada pela chuva.

Classificada para a decisão de Roland Garros, Sharapova aguarda a definição da sua adversária na final marcada para sábado em Paris. A número 2 do mundo vai enfrentar a vencedora da partida entre a norte-americana Serena Williams, líder do ranking da WTA, e a italiana Sara Errani, quinta colocada na lista.

A vitória desta quinta diminuiu a desvantagem de Sharapova no confronto direto com Azarenka, que agora soma sete vitórias e seis derrotas. Nesse 13º duelo entre as tenistas, o saque da russa foi personagem importante, já que ela fez 12 aces, contra apenas três da sua adversária, mas também cometeu 11 duplas-faltas.

A agressividade de Sharapova também foi observada em outros fundamentos. A russa terminou a partida com 42 winners, mas também cometeu 39 erros não-forçados, contra apenas 15 bolas vencedoras e 22 equívocos de Azarenka. Cada tenista teve 10 break points e a número 2 do mundo converteu um a mais do que a sua adversária.

Sharapova perdeu o seu saque logo no primeiro game da partida, mas reagiu imediatamente. A russa conseguiu três quebras de serviço e fechou a parcial com facilidade em 6/1 após 28 minutos. O segundo set começou mais equilibrado, sem quebras de saque nos primeiros cinco games. No sexto, Azarenka converteu um break point e abriu 4/2. Em vantagem, a bielo-russa voltou a quebrar o saque de Sharapova no oitavo game e fechou a parcial em 6/2.

Antes do início do terceiro set, o mais disputado da partida, o duelo ficou paralisado por 35 minutos em razão da chuva. Essa parcial ficou marcada pelas várias quebras de serviço - foram cinco em 10 games. A primeiras delas foi obtida por Sharapova no terceiro game, que foi devolvida em seguida por Azarenka.

Sharapova converteu break points no quinto e sétimo games, abriu 5/2 e ficou perto da vitória. No oitavo game, porém, a russa desperdiçou quatro match points e perdeu o seu saque ao cometer uma dupla-falta. No 10º game, porém, a número 2 do mundo não desperdiçou a oportunidade e fechou a parcial em 6/4 e o jogo em 2 sets a 1 para se garantir na decisão de Roland Garros.