Das 12 equipes do Campeonato Goiano de 2020, a maioria (sete) rescindiu contratos com todos os jogadores por causa da paralisação do futebol devido à pandemia do novo coronavírus. Centenas de atletas perderam vínculos após a suspensão do Estadual e não recebem mais a única renda que tinham. Sem conseguir novos contratos, já que não há previsão para início das quatro divi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários