Sob um calor de 32 graus no Estádio Olímpico de Tóquio, oito atletas tiveram de esperar, no sol, por mais de cinco minutos. Estava tão quente que nem precisavam se movimentar para aquecer. A espera foi maior do que o normal, mas ninguém reclamou. Na prova mais nobre do atletismo olímpico, os 100 m rasos, os oito representaram a primeira corrida olímpica na era pó...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários