Terminou sem acordo na noite de quarta-feira, em Nova York, mais uma tentativa de conciliação entre a seleção feminina dos Estados Unidos, que recentemente conquistou na França o título do Mundial, e a federação de futebol do país, a USSF (na sigla em inglês), na batalha fora de campo por premiações e condições de trabalho iguais às da equipe nacional masculina. Assim, a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários