Ainda que Lewis Hamilton tenha batido as marcas de pódios e vitórias em 2020 e igualado o número de títulos mundiais de Michael Schumacher na F-1, ao conquistar o heptacampeonato no último domingo (15), o legado do alemão vai além dos recordes que ele ostentou sozinho por anos na categoria. O ex-piloto de 51 anos, de quem pouco se sabe a respeito do estado de saúde, c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários