A contratação de Robinho pelo Santos, anunciada no último sábado (10), terá de ser aprovada pelo conselho deliberativo do clube, em reunião marcada para a próxima quarta-feira (21). Se a autorização for negada, o estatuto da agremiação obrigará que o negócio seja desfeito. Esse trâmite já estava previsto, mas a votação acontecerá sob crescente pressão de patrocinadores do clu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários