O Atlético-GO sofreu no retorno à Série A do Brasileiro, em 2010, após 24 anos ausente da elite nacional, escapou do descenso só na última rodada naquele ano, mas conseguiu passar pelo crivo de se manter no seleto grupo de 20 clubes na divisão principal do País. No ano seguinte, em 2011, era preciso avançar. Com momentos de instabilidade, mas também de afirmação, o ti...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários