Ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell negou as acusações de lavagem de dinheiro em depoimento dado em um tribunal espanhol nesta terça-feira, dizendo que não fez nada de ilegal em relação à venda de direitos televisivos para jogos envolvendo a seleção brasileira. Ex-executivo da Nike no Brasil e presidente do Barcelona de 2010 a 2014, Rosell foi acusado de apropria...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários