O presidente do Paris Saint-Germain, o empresário catariano Nasser Al-Khelaifi, e o suíço Jérôme Valcke, ex-vice-presidente da Fifa, foram interrogados nesta segunda-feira por promotores federais da Suíça por suspeita de participação em um caso de corrupção em negociações dos direitos de televisão da Copa do Mundo. A promotoria suíça divulgou um comunicado oficial nes...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários