O presidente da Chapecoense, Paulo Magro, morreu nesta quarta-feira (30), vítima de complicações causadas pela Covid-19. O dirigente estava internado na UTI de um hospital de chapecó desde o dia 18 de dezembro. A Chapecoense publicou nota de pesar. Paulo Magro morreu aos 59 anos. O dirigente estava no cargo de presidente da Chape desde agosto de 2019. O Goiás lamen...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários