O atacante Zé Roberto voltou ao Atlético-GO, em setembro do ano passado, numa condição especial - a de um investimento do clube para ter um goleador após a saída de Renato Kayzer. Zé Roberto, de 27 anos, marcou três gols na Série A 2020, foi decisivo na conquista do Goianão 2020 e fez história na Copa Sul-Americana, ao fazer o primeiro gol do Dragão fora do País (sobre o Palestino, em Rancagua, no Chile). Fez um golaço sobre o Libertad, em Assunção.

Agora, começa o Brasileirão 2021 com expectativa de não só colaborar com gols, mas ser útil taticamente. Para ele, o Brasileirão é um desafio diferente, pois todos os participantes brigam por objetivos no torneio. "Cada jogo é uma história diferente", destaca o goleador atleticano.

Por que a Série A é tão difícil e o que o marcou, até hoje, na competição?
Os jogos são difíceis porque são nivelados por cima. São sempre jogos muito batalhados, de times muito competitivos, fortes. O Campeonato Brasileiro tem essa particularidade, de ter times muito parelhos. Quem consegue estar pontuando tem grandes chances de fazer ótima campanha. Tanto dentro de casa como fora, são jogos sempre difíceis porque são times que estudam os outros adversários, também. Cada jogo é uma história diferente. Às vezes, pegamos um time que está em cima, às vezes pegamos times que estão embaixo e sabemos que serão jogos difíceis, também, pelo fato de o time estar na parte baixa (da tabela). Os adversários estão sempre brigando por algo e acaba dificultando ainda mais. Pra mim, um momento especial foi o gol no Maracanã, marcado diante do Flamengo (1 a 1, dia 14 de novembro de 2020). Estávamos perdendo por 1 a 0), pude fazer o gol. Foi o mais emocionante (gol), para mim, o do Brasileirão do ano passado.

Você chegou em 2020 com a Série A em andamento. Agora, inicia o torneio. O que esperar do Atlético no Brasileirão?
Ano passado, peguei o time já montado, naquela correria de Brasileirão e levei um tempo para me adaptar. Agora, começando desde o início, acho que tem tudo para ser melhor para mim e creio que, por termos amadurecido após o ano passado, nós podemos conseguir fazer uma campanha ainda melhor.

Você fez belos gols e se destacou na Sul-Americana. Podemos esperar gols bonitos e boas atuações em 2021?
Espero que possa fazer gols neste Brasileirão, ajudar os meus companheiros. Espero muito de mim também. É procurar estar sempre trabalhando bastante, treinando forte, jogando forte para poder estar marcando (gols), ajudando defensivamente com jogadas para estarmos sempre pontuando neste campeonato que é tão difícil.