Michel Platini está sendo acusado formalmente pela Justiça da Suíça por ter recebido um pagamento de US$ 2 milhões (cerca de 10,8 milhões) da Fifa, em 2011, durante a gestão do presidente Joseph Blatter. Ex-capitão da seleção francesa, que na época era presidente da Uefa, é suspeito de ser cúmplice de má gestão criminal, apropriação indébita e falsificação, segundo d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários