Primeiro foi Lionel Messi, depois Cristiano Ronaldo. O argentino e o português ganharam manchetes no mundo todo nas últimas semanas, com notícias de que superaram marcas históricas de Pelé. Messi, a de maior artilheiro com a camisa de um único clube. Ronaldo, a de gols totais na carreira. Os europeus consideram para esses recordes apenas os gols anotados em jogos ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários