Atual campeão mundial, o australiano Joel Parkinson faturou nesta quinta-feira (27) o título da etapa de Bali do ASP World Tour, a quinta deste ano do Circuito Mundial de Surfe. Esse foi o primeiro triunfo do surfista de 32 anos nesta temporada, feito que também o fez saltar da sétima para a terceira posição do ranking da modalidade.

Eliminado nas oitavas de final em Bali, o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, caiu da quinta para a sétima posição do ranking mundial. Também eliminado nas oitavas na Indonésia, o norte-americano Kelly Slater acabou deixando a liderança da temporada e caindo para o segundo lugar. Ao chegar às quartas de final desta etapa, o australiano Mick Fanning assumiu o topo do ranking.

Em sua trilha atrás do título, Parkinson caiu no mar indonésio confiante nesta quinta, depois de ter conseguido tirar duas notas 10 na bateria que fez contra o havaiano John John Florence no dia anterior. E ele acabou assegurando lugar na semifinal ao superar com folga o seu compatriota Taj Burrow, batido por 13,17 a 3,13 na pontuação contabilizada pelos juízes.

Em seguida, nas semifinais, Parkinson também foi muito superior diante de um outro compatriota, Josh Kerr, derrotado por 14,43 a 5,33. Já na outra semifinal, o taitiano Michel Bourez levou a melhor por muito pouco sobre o norte-americano Nat Young, batido por 15,50 a 14,97. Bourez, por sua vez, havia superado o australiano Mick Fanning nas quartas de final e pela primeira vez na carreira, aos 27 anos de idade, avançou para uma decisão do ASP World Tour.

Já na grande decisão, Bourez parecia ter ficado muito próximo do título ao abrir uma boa vantagem de 12,67 a 6,30 sobre Parkinson, mas o campeão da temporada 2012 reagiu nos minutos finais desta disputa e ficou com a etapa de Bali ao triunfar com um total de 13,86 pontos, contra os 12,67 somados pelo taitiano.

"Isso foi incrível, a experiência mais legal que já vivi", ressaltou Joel Parkinson, ao comemorar o título e ser carregado por balineses no trono do campeão quando saiu do mar até o pódio. "Ele (Michel Bourez) liderou a bateria toda, mas eu sabia que teria uma chance ainda se fizesse a melhor onda da final. O Michel (Bourez) foi provavelmente um dos melhores surfistas do evento e pena que não rolaram muitos tubos hoje (quinta-feira). Eu troquei minha prancha quadriquilha por uma triquilha para tentar pegar um tubo, mas eles não rodavam, então eu sabia que tinha que ir para as manobras mesmo e deu tudo certo", festejou o australiano.

Bourez, porém, comemorou o fato de ter experimentado uma final inédita de ASP World Tour e se mostrou conformado com o segundo lugar. "Apesar de não ter vencido, foi muito bom fazer a final porque foi a primeira da minha vida no WCT. Foi um grande evento com muitos tubos todos os dias, então estou feliz pelo segundo lugar também. A cultura e o povo de Bali são incríveis e fico muito contente e honrado em colocar o Taiti no pódio. Agora a próxima etapa é em casa e sinto-me bem mais confiante para competir no Taiti. Espero conseguir outro bom resultado lá para subir ainda mais no ranking", disse o surfista que agora ocupa o oitavo lugar do ranking mundial.

A próxima etapa do ASP World Tour será realizada em Teahupoo, no Taiti, entre os dias 15 e 26 de agosto, quando será aberta a segunda metade da temporada 2013.