Os jogadores esmeraldinos deixaram de lado a falsa modéstia e afirmaram: o Campeonato Goiano foi feito para o Goiás ser campeão. O discurso dos atletas mostra a confiança que o time esmeraldino tem no âmbito estadual. O discurso do técnico Hélio dos Anjos ecoa no sentido de mostrar que o Goiás é o adversário a ser batido por aqui.

Com a conquista do tetracampeonato, 28º na história, o Goiás tem a soma de conquistas dos rivais Vila Nova (15) e Atlético (13) e o dobro do Goiânia (14).

Por isso, os jogadores esmeraldinos batem no peito para mostrar a superioridade conquistada sobre os demais adversários. O zagueiro David Duarte foi campeão dos quatro campeonatos que disputou e explica esse sentimento de domínio. “Os números dizem que somos os maiores campeões. Não precisa dizer mais nada”, frisou.

Outro tetracampeão entre 2015 e 2018 é o jovem atacante Carlos Eduardo, de apenas 21 anos. O jogador destacou a importância de ver o clube ser o maior campeão estadual. “Nosso treinador fala isso (que o Campeonato Goiano foi feito para o Goiás ganhar). E sabemos que foi feito, pois em todo ano nós chegamos. Estou no profissional há quatro anos e fomos campeões quatro vezes. Tem de respeitar essa camisa”, salientou o camisa 7.

Outro garoto formado no clube e que se acostumou a ganhar o Campeonato Goiano é o meia Léo Sena, considerado pelo técnico Hélio dos Anjos como melhor jogador da competição.

Léo Sena conseguiu o seu terceiro título de campeão goiano e comentou sobre o domínio que o Goiás conquistou nos últimos anos na competição. “O Campeonato Goiano foi feito para o Goiás ganhar, não tenha dúvidas. Provamos dentro de campo que somos os melhores. Fizemos por onde, trabalhamos. A Aparecidense também valorizou muito nosso título”, comentou Léo Sena.

O atacante Júnior Viçosa está em sua segunda passagem pelo Goiás. O jogador foi campeão goiano em 2012 e 2013 e volta a levantar a taça pelo time esmeraldino. O atacante também estava na última vez que o Goiás foi destronado, em 2014, quando defendia o Atlético.

Com o tetracampeonato assegurado, após derrubar a Aparecidense, o Goiás tem como motivação a possibilidade de conquistar uma sequência inédita em sua história. Para isso, o time esmeraldino precisa ser campeão goiano em 2019 e 2020. Pelo histórico, o Periquito já sai como favorito.