Dez anos depois, Rafael Moura e o Goiás voltarão a disputar a Copa Sul-Americana juntos. Na primeira passagem pelo clube alviverde, em 2010, o jogador foi o artilheiro do torneio e o clube esmeraldino foi o vice-campeão, derrotado pelo Independiente/ARG, nos pênaltis. “Minha expectativa também é muito grande. Acredito muito em destino, dez anos depois, com elenco...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários