A palavra do momento na seleção brasileira é evolução. Os jogadores encararam a conquista da Copa América como uma resposta imediata à dolorosa eliminação para a Bélgica, na Copa do Mundo da Rússia, em 2018. Além de novos personagens, primordiais para o trabalho de reconstrução, velhos conhecidos pegaram carona na conquista do título para dar respostas dentro de campo...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários