Os últimos dias dentro do Goiás foram de muita turbulência. Jogadores e comissão técnica foram submetidos a sucessivos exames para Covid-19 e o saldo foi o jogo da estreia na Série A do Campeonato Brasileiro, contra o São Paulo, adiado e 12 jogadores infectados com o novo coronavírus (Sars-Cov-2). No meio deste caos, o técnico Ney Franco tenta tirar lado positivo da s...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários