Último goleiro a engatar boa sequência no Goiás, Marcelo Rangel está 100% à disposição de Claudinei Oliveira. Com Tadeu em boa fase, Rangel deve ser relacionado para o Brasileirão de Aspirantes, campeonato sub-23, que tem início este mês.

“Se o clube precisar, vou tranquilamente. Não tenho esse tipo de vaidade. Até quero disputar para ganhar ritmo de jogo”, detalhou o jogador de 30 anos. Cada time pode relacionar para a competição três jogadores com idade acima de 23 anos.

No próximo sábado, Marcelo Rangel completa três semanas de treinos com força total. Após passar mal durante jogo contra o Atlético, pela Série B do ano passado, dia 2 de junho, o jogador foi levado para o hospital e recebeu o diagnóstico de neurite vestibular (inflamação de um nervo do ouvido).

Após se recuperar, voltou a ser relacionado para uma partida, em agosto, mas durante treino rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e desfalcou a equipe desde então. Com 95 jogos com a camisa esmeraldina, Rangel tem contrato até o fim de 2020 e ainda sonha em recuperar espaço.

“Fui bem durante um ano e meio e, de repente, tudo isso aconteceu. Estou trabalhando forte para voltar. Tenho identificação com o Goiás e quero ajudar”, cravou.