Manter uma base forte é não repetir erro de 2017, em que o Atlético iniciou a Série A tentando ajustar time no Goianão, após desmanche do time vencedor de 2016. O resultado foi a queda à Série B no ano seguinte ao do acesso. Entre nomes que tiveram novos acertos durante a temporada, estão Kozlinski (goleiro), Moacir (volante), Jorginho (meia, prorrogação até final de 20...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários