O presidente da Argentina, Maurício Macri, voltou a criticar a violência protagonizada pela torcida do River Plate antes do que era para ter sido a grande decisão da Libertadores, contra o Boca Juniors, no último dia 24. Para o político, é necessário que se faça uma "profunda reflexão" para evitar novos casos deste tipo no esporte. "Foram dias duros que vivemos no fim...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários