O presidente da Argentina, Maurício Macri, voltou a criticar a violência protagonizada pela torcida do River Plate antes do que era para ter sido a grande decisão da Libertadores, contra o Boca Juniors, no último dia 24. Para o político, é necessário que se faça uma "profunda reflexão" para evitar novos casos deste tipo no esporte. "Foram dias duros que vivemos no fim...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários