O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, justificou nesta terça-feira a decisão da entidade de levar a final da Taça Libertadores, entre Flamengo e River Plate, no próximo dia 23, de Santiago para Lima, e explicou a complexidade da reunião entre as partes envolvidas. "Houve consenso, mas não foi rápido. Vínhamos trabalhando a respeito de uma cidade havia mais d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários