Com a saída de Léo Sena para o Atlético-MG, uma lacuna ficou aberta no meio-campo do Goiás. A diretoria esmeraldina já sinalizou que não deve fazer contratações para repor a saída e vai apostar em uma solução caseira. Dentro do elenco, a opção que aparece com força é o garoto Miguel, de 20 anos, promovido aos profissionais em 2019 após se destacar nas categorias de b...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários