O sindicato dos jogadores do futebol italiano rejeitou nesta segunda-feira a proposta dos clubes da primeira divisão de reduzir seus salários em um terço por um máximo quatro meses, se a temporada atual não puder ser retomada. A medida de austeridade foi aprovada por 19 dos 20 clubes, havia informado a liga italiana. A Juventus não participou da definição porque o ti...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários