Lewis Hamilton deu mais uma prova, neste sábado, de que está acostumado a crescer em momentos decisivos. O piloto britânico, que não havia liderado nenhum treino livre, chegou a rodar no Q2 da sessão classificatória, mas se recuperou no fim, quebrou o recorde da pista de Silverstone e cravou a pole do GP da Inglaterra. Para chegar à 91ª pole de sua carrei...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários